Promotor Ricardo Viviane de Souza atendeu a direção do Sindicato prometendo dar encaminhamento ao pedido em 10 dias

O Ministério Público deverá se pronunciar no prazo máximo de 10 dias a respeito da Portaria 222/2021, publicada pela direção do ISSEM, que restringe e suspende, desde o dia 4 de outubro, uma série de serviços prestados pelo ISSEM Saúde aos servidores e seus dependentes. Durante audiência concedida na tarde de hoje (7), o promotor público Ricardo Viviane de Souza ouviu com atenção às preocupações externadas pela direção do Sinsep quanto aos prejuízos que a Portaria traz para toda a categoria.

Novo pedido de vistas ao Projeto que aumenta mensalidades do ISSEM Saúde

Vereadora Sirley Schappo ainda manifestou preocupação com o corte de serviços anunciado pela direção do ISSEM

A vereadora Sirley Schappo (NOVO) pediu vistas ao Projeto de Lei Complementar 009/2021, que altera o Plano de Custeio do ISSEM Saúde, e adiou mais uma vez a votação pelos vereadores, durante a sessão de hoje (7 de outubro). Em sua fala para justificar o pedido, a vereadora disse que foi contatada por servidores, pais de duas crianças portadoras de Autismo, profundamente preocupados com a suspensão dos serviços de fonoaudiologia e terapia ocupacional anunciada pela direção do ISSEM, no dia 4. Sirley citou o Sinsep para lembrar da Lei Complementar 217/2018, que dispõe sobre o Sistema de Seguridade dos Servidores Municipais e que exige estudo de impacto atuarial para que se faça qualquer alteração dos auxílios nos Fundos de Assistência e Saúde do Instituto, conforme diz o Artigo 140, § Único.

A vereadora também reforçou a importância da realização de uma Audiência Pública, solicitada pelo vereador Jeferson Cardoso (PSL), para debater os problemas financeiros do ISSEM Saúde, antes de tomar qualquer decisão a respeito do assunto.