Diretores do Sindicato estiveram ontem (16) na Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul e farão a mesma visita aos demais municípios

O Sinsep iniciou, em Jaraguá do Sul, a série de visitas pessoais aos vereadores para pedir o apoio da Câmara à Campanha Salarial 2021 dos servidores de Jaraguá do Sul. Na tarde de ontem (16), o presidente Luiz Cezar Schorner e a vice-presidente Luciana Oppa estiveram com oito dos 11 vereadores jaraguaenses, entre eles, o presidente Onésimo Sell, que confirmou a liberação da Tribuna Livre, em data a ser definida, para o Sindicato reforçar o pedido de solidariedade do Legislativo. Cada vereador, ou gabinete, recebeu a pauta de reivindicações da categoria, aprovada em Assembleia virtual realizada no dia 11 de fevereiro.  O pedido para uso da palavra livre será feito também às demais Câmaras de Vereadores dos municípios que compõem a base do Sinsep.

Além de Onésino, os dirigentes do Sindicato conversaram pessoalmente com os vereadores, Jair Pedri, Sirley Maria Schappo, Jeferson Cardoso, Luís Fernando Almeida, Nina Santin Camello, Osmair Luiz Gadotti e Rodrigo Livramento. Os vereadores Ademar Winter, Anderson Karsten e Jonathan Reinke receberão a visita do Sinsep posteriormente, pois não estavam nos gabinetes no momento da visita.  “Os serviços e os servidores públicos são essenciais e, nessa pandemia, a gente conseguiu avaliar o quanto isso é verdade”, defende o presidente do Sinsep. “Para nós, é também essencial que os vereadores entendam a importância dos servidores para o bem estar da comunidade e que a categoria precisa ser valorizada, com salário melhor e condições de trabalho adequadas”, afirma Luiz Schorner.

As reivindicações dos servidores para a Campanha Salarial 2021 são as seguintes: Instituição de Mesa Permanente de Negociação, por meio de Lei Municipal; recomposição Salarial pelo IPCA (abril de 2019 a março de 2020) – 2,92%; recomposição Salarial pelo IPCA (abril de 2020 a março de 2021) – índice fecha 10/04; recomposição no Auxílio Alimentação pelo IPCA (abril de 2019 a março de 2020); recomposição no Auxílio Alimentação pelo IPCA (abril de 2020 a março de 2021); pagamento do Auxílio Alimentação para todos os servidores no valor máximo, e que as horas-extras trabalhadas não sejam computadas para pagamento, ou não, do benefício; homologação do concurso realizado no início de 2020; revisão no Plano de Cargos e Salários dos Servidores; revisão no Estatuto do Magistério; e manutenção e ampliação dos direitos.