Sobrecarga de trabalho, devido à falta de pessoal, tem provocado
doenças profissionais e afastamentos por motivo de saúde

O Sinsep protocolou ontem (18) ofício ao prefeito Antídio Lunelli, reivindicando a imediata contratação de Agentes de Limpeza e Conservação (serventes) para suprir vagas nas unidades de saúde, escolas e Centros Municipais de Educação Infantil. O ofício foi entregue com cópias aos secretários da Educação e da Saúde e também à Câmara de Vereadores, de onde os servidores esperam obter apoio à causa.

No dia 14 de fevereiro, o Sinsep realizou uma reunião específica com os Agentes de Limpeza e Conservação, no auditório Zé da Galera, que esteve lotado. Os servidores relataram situações dramáticas vividas nos locais de trabalho, com acúmulo de serviço e o consequente aparecimento de doenças profissionais (bursite, tendinite, etc), em função da falta de pessoal nos locais de trabalho. São poucos servidores para dar conta de tudo e ainda por cima têm que executar trabalho de outra pessoa.