As Câmaras de Vereadores de Jaraguá do Sul e Região receberam, no dia 15 de julho, ofício do Sinsep solicitando que os vereadores apresentem e aprovem um Projeto de Lei que estabeleça a suspensão temporária de 120 dias nas cobranças de empréstimos consignados com descontos em folha de pagamento contraídos pelos servidores públicos municipais junto às instituições financeiras. O Projeto de Lei, cuja minuta foi anexada ao ofício pelo Sinsep, objetiva “de forma emergencial e caráter limitado amenizar o peso das parcelas das operações de créditos consignados nas rendas das famílias de servidores, diante do inegável impacto na economia imposto pela pandemia do novo coronavírus”, diz o teor do documento encaminhado pelo Sindicato.

Na avaliação do presidente do Sinsep, Luiz Cezar Schorner, “apesar de que os salários dos servidores estejam em dia, há casos de familiares que perderam renda ou estão desempregados, de modo que eles são os únicos responsáveis pelo sustento da família em meio à pandemia”. O Projeto de Lei sugerido pelo Sinsep “pretende fazer com que essa medida chegue aos servidores no real momento de suas necessidades”. No ofício , protocolado em nome dos presidentes dos legislativos municipais, o Sindicato ressalta que o setor bancário já tem possibilitado a suspensão dos pagamentos de dívidas de empréstimos pessoais e a ampliação da carência dos empréstimos contraídos pelas empresas.