Assembleia Geral aconteceu na noite do dia 20, no CRAS

Reajuste salarial de 4,17% e aumento do vale refeição, de R$ 12,50 para R$ 16,00 por dia. Estas são as principais reivindicações econômicas aprovadas durante a Assembleia Geral dos servidores municipais de Schroeder, realizada na noite do dia 20, no auditório do CRAS (Centro de Referência em Assistência Social). Quanto ao vale refeição, o benefício não é reajustado desde 2016.

A data-base da categoria é em 1º de abril e a pauta já foi protocolada (veja ofício abaixo) ao prefeito Osvaldo Jurck para início das negociações coletivas de trabalho. O servidor Silvonei Ortiz inscreveu-se para compor a comissão de negociação, juntamente com a direção do Sindicato.  Durante a Assembleia os servidores discutiram outros assuntos, como a necessidade de equiparação salarial entre os odontólogos de Unidade Básica de Saúde e da Estratégia de Saúde da Família (ESF), além da progressão funcional, conforme determina o Artigo 27 da Lei Complementar 96/2010.

Reforma da Previdência

Os servidores presentes à Assembleia rechaçaram de forma unânime a proposta de Emenda Constitucional que altera as regras da Previdência e representa na prática o fim da aposentadoria para a classe trabalhadora, afetando de maneira geral os servidores públicos e, em especial, os professores. A proposta foi entregue na manhã do dia 20, ao Congresso Nacional. O presidente do Sinsep convocou a categoria a participar das manifestações contrárias à antirreforma da Previdência que devem acontecer em todo o país, denunciando os deputados e senadores que traírem a classe trabalhadora e até convocando para uma possível Greve Geral.