Os servidores públicos municipais de Jaraguá do Sul entram em greve a partir da zero hora de segunda-feira (6) contra o pacote de medidas anunciado pelo prefeito Antídio Lunelli e que retiram direitos da categoria. A decisão, unânime, foi tomada em Assembleia Geral Específica realizada no início da noite do dia 1º de março, no pátio do STIVestuário e que contou com a participação de mais de 700 servidores. A categoria já havia decretado estado de greve durante a Assembleia da Campanha Salarial ocorrida no dia 22 de fevereiro, no mesmo local. O presidente da Fetram/SC Lizeu Mazzioni, o ex-presidente da CUT/SC, Neodi Giachini, e os diretores do Sindicato dos Servidores de Florianópolis juntamente com as demais entidade sindicais da região norte participaram da Assembleia. A partir de segunda-feira faremos manifestações na frente da Prefeitura, na praça, visitando os locais de trabalho, conversando com a população para que entenda as nossas reivindicações.