Em meados de 2012 o Sinsep ajuizou ação trabalhista buscando a diferença salarial de Janeiro, Fevereiro e Março referente ao piso do magistério que não foi repassado aos Servidores daquele período. A Ação foi procedente, e no final de 2018 foram homologados os cálculos sobre o piso do magistério de Schroeder, porém, como somente saiu no final de 2018, foi encaminhado ao TRT 12 para precatório (Precatórios são requisições de pagamento expedidas pelo Judiciário para cobrar de municípios, estados ou da União, assim como de autarquias e fundações, o pagamento de valores devidos após condenação judicial definitiva).

Os cálculos já estão pacificados, a Assessoria Jurídica do Sinsep esta providenciando a documentação para a formação do precatório, uma vez que, o valor de todos os trabalhadores ultrapassa os 60 salários mínimos.  O município foi informado para que coloque este ano a previsão no orçamento de 2020, uma vez incluso no orçamento os Servidores que deixaram de receber o Piso do Magistério nesse período poderão receber até o dia 31 de dezembro de 2020.

O Servidor de Schroeder que trabalhou como ACT, ou efetivo nos meses de Janeiro, fevereiro e março de 2012 pode entrar em contato com Sinsep para verificar a respeito dos valores a serem percebidos.