Aos demais servidores foram concedidos 5,62% de reajuste salarial

Mais uma vez sem negociar com o Sinsep, o prefeito de Corupá, Luiz Carlos Tamanini, concedeu aos servidores municipais apenas 5,62% de reajuste salarial, percentual correspondente à inflação dos últimos 12 meses. Encaminhado pela administração municipal à Câmara de Vereadores, o projeto de lei foi votado e aprovado na sessão de segunda-feira (12), concedendo ainda mais dois percentuais parcelados: 2,77% a partir de novembro deste ano e 2% a serem pagos somente em fevereiro de 2015. O reajuste do auxílio alimentação não foi contemplado no projeto de lei.

Com este cenário já definido, os servidores municipais de Corupá reuniram-se em Assembleia Geral na noite de quarta-feira (14), na Câmara de Vereadores, e deliberaram o seguinte encaminhamento: entrar com ação judicial requerendo o complemento do aumento salarial para os professores, a quem deve ser pago o índice de 8,32% (retroativo a janeiro) de reajuste do Piso Nacional do Magistério, determinado pelo Ministério da Educação.