Escolha uma Página

E pede aos vereadores para que pressionem o prefeito a conceder o reajuste anual de salários aos servidores

O Sinsep reiterou o pedido para que os vereadores de Jaraguá do Sul intercedam em defesa da categoria pressionando o prefeito Antídio Lunelli a respeitar o direito dos servidores à revisão anual de salário. O Sindicato solicita aos vereadores uma Indicação ao Executivo para repassar pelo menos o INPC registrado entre 1º de abril de 2016 (data-base da categoria) e 31 de março de 2017, que foi de 4,57%. No dia 13 de junho, o presidente Luiz Cezar Schorner protocolou, simultaneamente, dois ofícios na Câmara de Vereadores: além do apoio à negociação salarial, reivindica que seja feita uma auditoria nas contas da Prefeitura, mediante Pedido do poder legislativo.

“Com o argumento de economizar e fechar as contas da Prefeitura, a administração retira direitos dos servidores”, diz um dos ofícios. “Além de escalonar o auxílio refeição e cortar o benefício integralmente de grande parte dos servidores, extinguir a gratificação do ESF (Estratégia de Saúde da Família) e o ADAPAT (Adicional de Aperfeiçoamento e Atualização Profissional), o prefeito sequer repassou o INPC (inflação) na data-base da categoria”, prossegue.

O Sindicato informa ainda que o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) realizou levantamentos que comprovam várias inconsistências nos números apresentados pela administração, em relação à crise financeira da Prefeitura. No dia 10 de maio o Sinsep já havia pedido oficialmente à Câmara de Vereadores a intervenção no dilema sobre o reajuste salarial para os servidores. Todas as demais administrações municipais da microrregião já repassaram o reajuste anual de salários: Guaramirim (4,69%), Schroeder (4,57%), Massaranduba (4,57%) e Corupá (5% de reajuste salarial).

 

Solicitação de auditoria nas contas da Prefeitura, mediante Pedido do poder legislativo.

Pedido de apoio à negociação salarial

Pin It on Pinterest