Escolha uma Página

Câmara de Vereadores se reúne em sessão extra, hoje à tarde, para votar o Projeto de Lei

O Sinsep (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jaraguá do Sul e Região) reuniu os servidores públicos de Corupá em Assembleia Geral, na noite de ontem (25), para prestar esclarecimentos sobre a proposta de reajuste salarial de 5% feita pelo prefeito João Gottardi (PP). Neste percentual estão contemplados a reposição integral da inflação do período (data-base da categoria é em 1º de maio) e um ganho real de 1,01%. Além disso, o auxílio alimentação deve receber aumento de 11,89%, passando de R$ 286,00 para R$ 320,00 e, a partir de junho, o benefício será pago no dia 15 de cada mês (até-então, era no dia 20). A data-base também será antecipada, passando de 1º de maio para 1º de março, a partir de 2018.

Por fim, o prefeito assumiu o compromisso de dar início à reforma do Plano de Cargos e Salários (PCS) a partir de julho, priorizando o aumento dos salários mais baixos pagos pela administração, atualmente em R$ 976,14. A comissão de estudos, que deverá ser criada ainda no mês de junho, será formada por um servidor de cada secretaria, a serem eleitos em Assembleia, por representantes do Sinsep e por representantes da administração. Hoje à tarde, a Câmara de Vereadores realiza sessão extraordinária para votar o Projeto de Lei, de modo que o reajuste seja incorporado aos salários ainda neste mês.

A reunião entre o Sinsep, uma comissão de três servidoras e o prefeito aconteceu na manhã de ontem (25), com o objetivo de melhorar a proposta inicial da administração. Porém, não surtiu o efeito desejado. “Após a primeira Assembleia com os servidores, realizada dia 15 de março, tivemos três rodadas de negociação com o prefeito, e mesmo não conseguindo negociar reajuste melhor, chegamos a um percentual mínimo de ganho real e à garantia de revisão do Plano de Cargos e Salários”, argumenta o presidente do Sinsep, Luiz Cezar Schorner.

Pin It on Pinterest